quarta-feira, 29 de abril de 2009

Quase famosos

Como prometido, vou postar sobre nossa visita à Globo há exatamente uma semana atrás...
Chegou o grande dia...quanta emoção! Sinto que meu coração faz Plim-Plim dentro do meu peito ao saber que vou conhecer a Globo.
Não por ser a Globo em si, mas o sonho de qualquer aspirante a jornalista é conhecer uma emissora...assim espero...
Me arrumo bonitinha porque vai que alguém me clica e eu apareço na telinha...Mas não vou de salto porque vou ter que andar de TPM (quem ainda ñ sabe o q é, em breve saberá em novo post!)....coloco minha bota de amazonae vou galopando para a estação...
Ao chegar na estação Vila Madalena espero meus coleguinhas de sala chegarem para irmos em grupo (não em bando) para a Globo...Assim que chegaram todos os membros do clã quase-global, fomos para a pequena fila da Ponte Orca...
Não sei porque raios tem esse nome, uma vez que Orca remete-nos a baleia e não tem mar no caminho, muito menos ponte. Noto como brasileiro gosta de fila, é fila para comer, para ir ao banheiro, para pagar, para cobrar....basta parar um grupo de 4 pessoas na rua, um atrás do outro, que involuntariamente páram outras atrás, mesmo sem saber o porque estão lá...
Chega o nosso micro-ônibus e começa o dilema: queremos todos ir no mesmo! Então deixamos passar uma, duas, três...e quando vimos, seis pessoas na nossa frente, porque não Éramos Seis...
Assim que os universitários chegam na Cidade Universitária (trocadilho básico!), encontramos com a moça nº Oito (1)... A emoção era tanta que até pagaram de novo (2) para entrar na estação!! Não vou citar nomes, para vocês advinharem....rs
Entramos na estação e nos dirigimos à plataforma...
Conversa vai, conversa vem, o trem vem...então um dos componentes(3), mais atento e com noção de espaço fala: " Será que ele vai parar aqui?". Eu, conversando sabe lá Deus o que, ignorei o atento moço...
Então o trem pára...Ué...Tá longe...
Gente, vamos correr para embarcar!...Sim...o trem é menor do que a plataforma ( nem me pergunte por qual motivo, porque eu não faço ideia!)
Ok...todos dentro? Contamos e estavam os 8 bonitinhos dentro do trem...
A empolgação de um colega (4) era tanta que não aguentou de emoção e desceu na estação errada...Se não fosse os outros coleguinhas avisarem que ainda não tinha chego, o desatento moço talvez na visita do ano que vem, chegasse na Globo!
Então descemos na estação Berrini (que era mais perto) e perguntamos ao funcionário se a Globo estava lá perto. Ele, solicitamente, nos falou que tinhamos que descer na Morumbi.
Voltamos à plataforma, mas dessa vez paramos na metade dela, porque errar uma vez é humano, mas repetir o erro é burrice!
Ao chegar na estação...Para onde irei?! Não avisto ponte, não avisto torre nenhuma, porque todas as torres são iguais... Então por dedução vamos em direção à Berrini...
E com nossa bússola em mãos vamos em busca da Globo perdida (Brincadeirinha...rs)....
Claro que não podia párar as peripécias por aí... o nosso colega, já mencionado por ser atento (o que me fez a pergunta do trem)resolve esquecer que na rua tem carros (e principalmente motos!) e atravessar um dos "braços" da Marginal Pinheiros sem olhar(5)...
Nossa colega, super calma (6) o avisa que ele está prestes a ser atropelado, mas ele a ignora...Então resolvemos ir a tática nº dois: GRITAR!!!....Gritamos que ele ia morrer, então ele parou....e na sequência, passaram umas quatro motos, sem exageros.
No próximo braço da marginal, um caminhoneiro, gentilmente pára o caminhão para nós passarmos. Vai ver que algum dos motoqueiros o avisou que os universitários não sabiam atravessar a rua e resolveu parar para que não houvesse um atropelamento em massa!
Finalmente chegamos!!!....Mas ainda não é o fim....O moço desatento (7) lê o nome do lugar onde paramos e vê que não estava escrito "Globo", mas sim Nestle. Vê como são as coisas, o atento é desatento, e o desatento, atento. Entendeu?!?...
Então peregrinamos mais um pouco....e quando já estamos pedindo água...Chegamos!!! Eba!!!

Mas, histórias e brincadeiras à parte
Foi muito legal ter ido lá....conhecemos vários lugares bacanas....os sets de filmagem, onde são rodadas as fitas, sala de áudio, redação....etc etc etc...Com palavras não dá para descrever como foi, porque nesse começo, mínimas coisas tem um significado enorme para nós e nos marcam para sempre.
Eu amo essa vida de jornalista!


Vai...não vou deixar vocês curiosos para saber quem é quem...pronto, falei:
1. Lari
2. Érica
3. Paulo
4. Gabriel
5. Paulo
6. Thaís
7. Gabriel

3 comentários:

  1. Enjoy your blog.So kind.Good luck!
    We hope that we will have the opportunity to make friends with you.
    We invite you to come to our blog. You are welcome any time.

    http://www.china-cutter.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Meuu... O Gabriel e o Paulo deram trabalho, hein?!
    HUahuahuahhaua!! Adorei aquele post do trem verde-água... hehe!
    Bjs Raquel!

    ResponderExcluir
  3. MYCHAELL D'FRAIS1 de maio de 2009 00:15

    SRA ALMADA QUE BOM QUE VC ENCONTROU NO JORNALISMO O AMOR DA SUA VIDA !!! FICO MUITO FELIZ QUE VC TENHA SE ACHADO E TE DESEJO MUITA SORTE NESSA NOVA ETAPA
    BEIJOS
    MYCHAELL D'FARIAS

    ResponderExcluir